Logotipo Instituto Dona Carminha

Acolhimento: uma postura permanente!

“É, certamente, importante a capacidade do professor e da escola, em seu todo, acolher as crianças de modo personalizado e lidar com as suas emoções e com as de seus familiares durante os delicados momentos de separação, de ambientação cotidiana e de construção de novas relações com os colegas e com outros adultos” (Cedes,1995)

Estamos de volta!

Escola de portas abertas, risos, aromas, lembranças e aquela vontade de fazer acontecer um ano marcante e cheio de experiências.

Junto com tudo isso tem também  aquela inquietude do que vem pelos próximos dias: novas crianças, novas famílias, novas relações, novo ano…

Qual o melhor caminho a traçar para um acolhimento seguro e afetivo?

Antes de tudo é preciso pensar e dialogar sobre a concepção de criança que habita cada um de nós… Qual infância você acredita habitar os espaços e relações no chão da escola?

Qual a importância de um cotidiano acolhedor? Assim tecemos nossas provocAções iniciais…

No Instituto Dona Carminha nossa proposta considera a criança como um ser ativo, potente, único, afetivo, sujeito de direitos, que produz cultura e amplia seu repertório e seu conhecimento de mundo através das experiências e brincadeiras. 

Acreditamos que o cuidar e educar são indissociáveis e potentes na construção de uma escola acolhedora.

 Tendo essa concepção clara, é hora de planejar o acolhimento, que começa antes do começo (das crianças) de fato, é necessário antecipar, organizar, projetar e repensar os feitos e não feitos, envolvendo toda a equipe da escola, que se inicia lá no  portão… que passa pela  equipe de cozinha que nos acolhem com seus aromas e sabores, pela equipe da limpeza que garante um ambiente  limpo e seguro e caminha até a gestão que nos recebem com respeito e confiança. 

Nesta escola somos todos educadores e devemos ter uma postura acolhedora e respeitosa nas relações que permeiam esse ambiente cotidianamente.

Acolhemos as famílias, compreendendo e respeitando suas angústias,  sanamos suas dúvidas sempre  em clima de parceria e muito respeito.

Acolhemos nossa equipe, realizamos formações que nos entrelaçam, que através do diálogo nos fazem ver além…

Planejamos os tempos e espaços, selecionamos os materiais, organizamos esteticamente todo o ambiente para ser convite…

O acolher, como nos lembra Staccioli deve ser um método, uma postura permanente que dura o ano todo.

Acolher é dedicação e presença. É estar por inteiro, atento às minúcias do cotidiano, sempre pronto a ser colo, afeto e carinho.

 

Autoras:

Beatriz Prado, Célia Santanna e Lais Veiga

Participe da discussão

7 comentários

  1. Como é importante ter uma postura acolhedora permanente, estar na inteireza nas relações que acontecem no chão da escola… que possamos seguir acolhendo uns aos outros sempre ❤

  2. Adorei o texto sobre acolhimento e nesse momento eu e outras professoras estamos tendo um acolhimento não dória complicado, mas desafiador.
    Gostaria de alguns livros para obter dicas para amenizar esse sofrimento da separação das crianças de seus familiares, com novas pessoas, novos ambientes..
    Muito obrigada

  3. Estou apaixonada por esse lindo trabalho que o Instituto Dona Carminha faz, com esse acolhimento afetuoso, respeitoso e com tanta dedicação que tem com cada criança, com os familiares, e com seus funcionários.
    É muito gratificante, eu poder fazer parte desse maravilhoso trabalho, com essa equipe tão afetuosa.
    Esse ano estou encantada em trabalhar com o AG -1. Quanta aprendizagem e conhecimento que estou tendo o prazer de aprender com a professora Beatriz, que pessoa encantadora e dedicada no trabalho que faz com as crianças.
    Só tenho que agradecer ao instituto Dona Carminha, por me escolher fazer parte desse lindo trabalho.
    Gratidão 🙏

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.